Economia

Governo pretende lançar Plano Nacional de Mineração até agosto

Ministro Bento Albuquerque diz que encontrou setor de mineração sem planejamentos

[Governo pretende lançar Plano Nacional de Mineração até agosto]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil Economia

Por Metro1 no dia 11 de Julho de 2020 ⋅ 09:30

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informou, através de uma live nesta sexta-feira (10), que a pasta vai lançar um Plano Nacional de Mineração com metas definidas até 2023. O secretário de Geologia, Mineração e Transformação Ambiental, Alexandre Vidigal, também presente, disse que o plano deverá ser divulgado até o início de agosto.

“São dez planos bem definidos, com 108 metas. Está na fase de apresentação, onde os atores da mineração podem opinar”, informou Vidigal. De acordo com ele, não existem estudos sobre o setor há vários anos. “O setor mineral não se encontrava em estudos da economia pública há algumas décadas. Isso é preocupante. Se você não tem dados oficiais, estudos, você tem dificuldade de fazer planejamento, fazer políticas públicas.”

O planejamento prevê os temas: economia mineral, sustentabilidade, expansão em novas áreas, imagem da mineração junto à sociedade, entre outros. “A mineração que a sociedade percebe não é a mineração que o Brasil faz”, disse Vidigal. Ele acrescentou que a maioria das metas que constarão do plano já está em andamento. “Temos um projeto para a mineração brasileira.”

O ministro Bento Albuquerque disse ainda que a pasta também pretende formar um conselho nacional que defina as políticas minerais do país. “Nós encontramos a mineração brasileira, com a importância que ela tem para a economia, sem um planejamento. Estamos trabalhando junto com os agentes para que tenhamos um conselho nacional que possa definir as políticas minerais do país”.

Notícias relacionadas

[Dólar fecha em alta de 0,66%, vendido a R$ 5,45]
Economia

Dólar fecha em alta de 0,66%, vendido a R$ 5,45

Por Luciana Freire no dia 12 de Agosto de 2020 ⋅ 20:00 em Economia

Investidores aguardam reações da "debandada" no Ministério da Economia após a saída de mais dois secretários da equipe de Paulo Guedes

[Dólar fecha em alta cotado a R$ 5,41]
Economia

Dólar fecha em alta cotado a R$ 5,41

Por Luciana Freire no dia 07 de Agosto de 2020 ⋅ 18:40 em Economia

Comportamento dos investidores continuou refletindo o corte da taxa Selic pelo BC, de 2% ao ano