Economia

Balança comercial de julho tem maior superávit desde 1989: US$ 8,06 bilhões

Resultado evidencia uma queda nas exportações e uma redução mais acentuada do lado das importações; esse desequilíbrio faz com que o superávit seja maior

[Balança comercial de julho tem maior superávit desde 1989: US$ 8,06 bilhões]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 03 de Agosto de 2020 ⋅ 21:00

O Ministério da Economia anunciou hoje (3) que a balança comercial brasileira de julho registrou superávit de US$ 8,1 bilhões, o maior resultado da série histórica iniciada em 1989. O número reflete os efeitos da pandemia do comércio global, que diminuiu as importações.

O resultado evidencia uma queda nas exportações e uma redução mais acentuada do lado das importações. Esse desequilíbrio faz com que o superávit seja maior. O resultado da balança comercial é o saldo entre as exportações e as importações.

As exportações foram de US$ 19,6 bilhões contra US$ 11,5 bilhões nas importações. Na comparação da média diária (total dividido pelo número de dias do mês) com julho de 2019, a queda nas exportações foi de 2,9 %, enquanto as importações caíram 35,2%.

Notícias relacionadas

[Dólar tem nova alta e é cotado a R$ 5,58]
Economia

Dólar tem nova alta e é cotado a R$ 5,58

Por Luciana Freire no dia 23 de Setembro de 2020 ⋅ 19:30 em Economia

Temores sobre a retomada de lockdowns nas principais economias do mundo influenciaram o mercado; moeda norte-americana teve alta de 2,16%