Economia

Auxílio Emergencial Residual: Governo estima que 5,7 milhões não vão receber parcelas de R$ 300

Caixa Econômica Federal divulgou nesta terça (29) o calendário de pagamento, que varia com o nascimento do beneficiário e a data em que ele recebeu a primeiro parcela

[Auxílio Emergencial Residual: Governo estima que 5,7 milhões não vão receber parcelas de R$ 300 ]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 29 de Setembro de 2020 ⋅ 21:00

O governo federal informou hoje (29) que cerca de 5,7 milhões de beneficiários do auxílio emergencial não devem receber nenhuma das quatro parcelas "residuais", que variam de R$ 300 a R$ 600 e começam a ser depositadas amanhã (30). A informação foi divulgada pelo site G1.

"Cerca de 5,7 milhões de pessoas é a nossa estimativa ao final, até 31 de dezembro. Seriam pessoas que deixariam de receber o auxílio extensão por evolução, vamos dizer assim, do processo e do aprendizado que tivemos em relação a essa política pública", disse o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio José Barreto.

As regras para o auxílio emergencial até dezembro, com menor valor, foram definidas em uma medida provisória publicada em 3 de setembro. A Caixa Econômica Federal divulgou hoje (29) o calendário de pagamento, que varia com o nascimento do beneficiário e a data em que ele recebeu a primeiro parcela.

Notícias relacionadas