Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Entretenimento

Sandra Bullock pode perder o Oscar após polêmica sobre a história de “Um Sonho Possível"?

O jogador abriu um processo contra a família Tuohy com a justificativa de que nunca foi adotado

Sandra Bullock pode perder o Oscar após polêmica sobre a história de “Um Sonho Possível"?

Foto: Warner Bros. Pictures / IMDb Divulgação

Por: Metro1 no dia 18 de agosto de 2023 às 11:35

Atualizado: no dia 18 de agosto de 2023 às 12:19

A atriz norte-americana Sandra Bullock, que atuou no longa Um Sonho Possível (2009) e recebeu o Oscar de Melhor Atriz pelo filme, está sendo alvo de questionamentos sobre o prêmio. O merecimento da premiação foi repensado após o ex-jogador da NFL, Michael Oher, que serviu de inspiração para a história, entrar com uma ação para encerrar a tutela do casal Sean e Leigh Anne Tuohy sobre ele.

O jogador abriu um processo contra a família Tuohy, com a justificativa de que nunca foi adotado. Oher afirmou que os Tuohys disseram a ele que iriam adotá-lo, mas, em vez disso, o fizeram assinar um acordo de tutela que lhes dava autoridade legal para assinar acordos comerciais em nome dele. Com o processo, a curatela vai ser retirada. 

Ao tomar conhecimento, atriz Sandra Bullock afirmou ficar surpresa com as recentes revelações de Michael Oher. Segundo o site DailyMail, a notícia abalou a artista, por ter participado de uma trama baseada em mentiras.

“Eu sempre estive sob a impressão, como todo mundo, que esta era uma boa família. Foi difícil ler aquela reportagem para mim, e mando minhas orações para todos os envolvidos. Espero que isso se resolva da melhor forma possível para todo mundo”, disse a artista, em entrevista ao Daily Mail.

Apesar de uma parcela estar favorável à retirada do prêmio e, ao mesmo tempo, haver um grupo que defende a permanência do Oscar, não há impasse sobre a questão. De acordo com as regras da premiação, o Oscar não é transferível. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas informou que a atriz não precisa devolver a estatueta, mesmo que a história do filme não seja verdadeira.