Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 24 de fevereiro de 2024

Entretenimento

Taylor Swift ameaça processar jovem que rastreia seu jatinho: "questão de vida ou morte"

Jack Sweeney também já teve problemas com Elon Musk por causa de seus perfis

Taylor Swift ameaça processar jovem que rastreia seu jatinho: "questão de vida ou morte"

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 07 de fevereiro de 2024 às 10:35

Taylor Swift, por meio de seus advogados, ameaçou processar o jovem Jack Sweeney, estudante da Universidade Central da Flórida que mantém perfis nas redes sociais cuja atração é rastrear o jatinho particular da cantora. O caso foi revelado pelo jornal Washington Post, nesta terça-feira (6). Sweeney foi notificado, em dezembro do ano passado, com um ultimato dos advogados para que pare definitivamente com postagens que mostram onde a aeronave se encontra.

Advogados do escritório Venable, com sede em Washington, alegam que o estudante incorreu em "comportamento de perseguição e assédio". Katie Wright Morrone, advogada que representa a cantora, escreveu na carta: "Embora isso possa ser um jogo para você, ou um caminho que você espera que lhe traga riqueza ou fama, é uma questão de vida ou morte para nossa cliente". 

Há anos, Jack Sweeney mantém contas que acompanham, a partir de dados públicos, as viagens de jatinhos de celebridades, magnatas e outras figuras públicas. Suas publicações também trazem estimativas de emissões de gases do aquecimento global nas viagens. Ele disse ao Washington Post que o ultimato é uma reação às críticas que Taylor Swift recebeu por conta do impacto ambiental causado por seu jatinho.

De acordo com um estudo da empresa britânica Yard, publicado em novembro de 2023, ela é a celebridade que mais emite carbono no mundo. 

A cantora não é a primeira incomodada com os perfis comandados por Sweeney nas redes sociais. O americano também já teve problemas com Elon Musk e teve uma conta no X (ex-Twitter) bloqueada após o bilionário comprar a empresa.

Sweeney havia recusado uma oferta de US$ 5 mil do CEO da Tesla em 2021 para fechar sua conta de bot e rebateu com uma contraproposta para aumentar o pagamento para US$ 50 mil. Musk fez várias tentativas de contatá-lo para pedir para desligá-lo, afirmou ele.