Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Entretenimento

Alec Baldwin será julgado em julho pelo tiro que matou diretora de fotografia no set de "Rust"

O julgamento, que deve durar oito dias, envolve também a armeira Hannah Gutierrez, acusada ainda de esconder um pacote de cocaína

Alec Baldwin será julgado em julho pelo tiro que matou diretora de fotografia no set de "Rust"

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 27 de fevereiro de 2024 às 08:35

Alec Baldwin será julgado em julho pelo tiro que disparou no set do filme "Rust", e que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, em outubro de 2021. O ator é acusado de homicídio culposo por um juiz da cidade de Santa Fé, no estado americano do Novo México. A informação foi revelada por documentos judiciais divulgados nesta segunda-feira (26).

A previsão é que o julgamento dure oito dias e envolva ainda a armeira da produção, Hannah Gutierrez. Ela é acusada do mesmo crime de Alec Baldwin, pois estava encarregada das armas usadas no set. Gutierrez é acusada também de ocultar provas do crime, já que a promotoria acredita que ela tentou se livrar de pacotes de cocaína durante as investigações.

Baldwin ainda enfrenta acusações secundárias de uso negligente de armas de fogo e de agir sem cautela ou prudência com o armamento. No tribunal, o júri deve decidir se ele é culpado de uma das alegações, considerando que ambas se anulam entre si. 

Caso o ator e a armeira sejam considerados culpados do crime, o juiz pode sentenciá-los a até 18 meses de prisão. Primeiro assistente de direção do filme e encarregado de colocar a arma nas mãos do ator, David Halls foi condenado a seis meses de liberdade condicional em março de 2023 após não contestar acusações de contravenção.

Após a morte de Hutchins, "Rust" concluiu as filmagens no ano passado. O filme, porém, ainda não tem previsão de lançamento.