Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Entretenimento

/

Acusado de fraude para obter cidadania italiana, Rodrigo Faro alega ser uma das vítimas

Entretenimento

Acusado de fraude para obter cidadania italiana, Rodrigo Faro alega ser uma das vítimas

Comunicado publicado nas redes do apresentador acusa uma empresa local de enganar os contratantes, incluindo ele

Acusado de fraude para obter cidadania italiana, Rodrigo Faro alega ser uma das vítimas

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 28 de maio de 2024 às 10:10

Rodrigo Faro foi parar nos trending topics, nesta segunda-feira (27), por ter sido acusado pelo jornal italiano RaiNews de participação em um esquema de corrupção para obtenção de cidadania italiana. Porém, horas após a veiculação da matéria, a assessoria do apresentador esclareceu que o artista, na verdade, é uma das vítimas do caso. 

Um comunicado oficial publicado nas redes sociais de Faro explica que, em 2021, ele deu início ao processo de cidadania italiana sua e de sua família, por indicação de um amigo. O escritório apontado foi o Diritto Di Cittadinanza SRL. Pouco tempo depois, com toda a documentação necessária, os passaportes com a cidadania foram concedidos.
 
A nota diz ainda que, assim como o público geral, Rodrigo e os outros contratantes dos serviços da empresa foram surpreendidos com a informação do suposto envolvimento deles em um esquema de corrupção para a obtenção de cidadania e passaporte italiano. A equipe reiterou que o apresentador e a esposa foram vítimas do esquema, uma vez que contrataram o serviço de uma empresa supostamente legal, idônea e que seguia com os procedimentos de acordo com as leis italianas. 

Confira o comunicado na íntegra:

Declaramos que no ano de 2021, indicado por um amigo que já havia tirado seu passaporte italiano, Rodrigo Faro deu início ao processo de cidadania italiana para adquirir o passaporte para ele e sua família. O escritório indicado para esse trabalho foi o Diritto Di Cittadinanza SRL. Rodrigo através de seus advogados aqui no Brasil forneceu toda a documentação necessária, comprovou laços com seus descendentes na Itália e o processo foi aprovado e os passaportes foram concedidos. Hoje pela manhã, dia 27 de maio de 2024, Rodrigo, bem como qualquer outro cliente que tenha contratado os serviços do referido escritório, foi pego de surpresa com o suposto envolvimento deles num esquema de corrupção para obtenção de cidadania e passaporte italiano. As matérias repercutidas na imprensa brasileira deixam claro que Rodrigo e sua esposa foram citados como beneficiários do esquema, ou seja, foram vítimas desse escritório e de sua equipe, uma vez que contrataram o serviço de uma empresa supostamente legal, idônea e que seguia com os procedimentos de acordo com as leis italianas. Prova disso é que o processo foi aprovado e os passaportes foram emitidos. Rodrigo já acionou seus advogados aqui no Brasil para que todo esse mal-entendido seja resolvido e para que os devidos responsáveis por esse suposto esquema de corrupção sejam devidamente punidos.