Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Esportes

Regularizado há uma semana, atacante colombiano do Bahia estava com Covid-19

Ramírez estava afastado desde que chegou ao clube e retornou aos treinos nesta terça-feira

[Regularizado há uma semana, atacante colombiano do Bahia estava com Covid-19]
Foto : Divulgação/ECB

Por Matheus Simoni no dia 24 de Novembro de 2020 ⋅ 12:00

Regularizado há cerca de uma semana, o atacante colombiano Juan Pablo Ramírez foi diagnosticado com coronavírus e estava afastado dos treinos até então. Somente nesta terça-feira (24), o clube divulgou nas redes sociais a condição do atleta. Imagens anunciadas pela assessoria de imprensa mostram o jogador conhecendo pela primeira vez e treinando na academia do clube, no CT Evaristo de Macedo, a Cidade Tricolor.

A divulgação de casos de Covid-19 no elenco não é uma prática adotada pelo Bahia. Em resposta a um torcedor nas redes sociais, a comunicação do clube informou que o Esquadrão "não fez isso com nenhum integrante desde julho, quando os treinos presenciais voltaram, em respeito à intimidade e à privacidade dos atletas". "As exceções aconteceram quando se tratou de indispensável, como ausência em jogo, por exemplo", escreveu o Bahia, no Twitter. 

Ramirez tem 22 anos estava no Atlético Nacional e foi emprestado ao clube baiano até dezembro de 2021. Ele teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, na semana passada. 

 

De acordo com um levantamento, feito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e divulgado pelo jornal O Globo, até o fim do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, 20% dos atletas das competições masculinas profissionais e de base organizadas pela entidade já tinham sido contaminados pelo novo coronavírus, levando em conta exames PCR e sorológicos feitos. Foram 97 contaminados nas 38 primeiras rodadas da Série A. Apenas nesta semana, o número de jogadores infectados, segundo levantamento, passou de 60.

Notícias relacionadas