Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Esportes

Após liberação de público nos estádios, prefeito do Rio volta atrás na decisão

Desistência aconteceu porque, segundo ele, a ocupação máxima permitida seria "quase impossível de ser fiscalizada"

[Após liberação de público nos estádios, prefeito do Rio volta atrás na decisão]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Adele Robichez no dia 13 de Janeiro de 2021 ⋅ 10:40

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou, na manhã de hoje (13), a permissão da presença do público nos estádios da capital, mas voltou atrás na decisão horas depois. A desistência aconteceu porque, segundo ele, a capacidade de ocupação máxima permitida, de 10%, seria dificilmente controlada.

A liberação das torcidas nas arquibancadas fazia parte de uma resolução das secretarias de Saúde do estado e do município, publicada hoje (13).

"A medida será revogada", afirmou Paes. Segundo ele, apesar de a decisão estar "correta tecnicamente", "trata-se de uma medida quase impossível de ser fiscalizada".

A reabertura aconteceria com restrições de pessoas, a depender da classificação de risco para Covid-19 de cada região. Essa informação seria divulgada toda sexta-feira pelo município.

Notícias relacionadas