Esportes

Vitória sofre e só empata com o Conquista no Campeonato Baiano

Após 10 dias de treinamento durante o Carnaval, o Vitória enfrentou nesta quarta-feira (10) o Vitória da Conquista no estádio Mário Pesso, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Baiano de 2016. Por conta das obras no estádio Lomanto Júnior, o estádio de Ilhéus foi escolhido para abrigar as partidas entre os dois xarás.[Leia mais...]

[Vitória sofre e só empata com o Conquista no Campeonato Baiano]
Foto : Roque Santos/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 10 de Fevereiro de 2016 ⋅ 22:40

Após 10 dias de treinamento durante o Carnaval, o Vitória enfrentou nesta quarta-feira (10) o Vitória da Conquista no estádio Mário Pessoa, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Baiano de 2016. Por conta das obras no estádio Lomanto Júnior, o estádio de Ilhéus foi escolhido para abrigar as partidas entre os dois xarás. O Rubro-Negro abriu logo o placar com gol marcado pelo atacante Marinho, em bela cobrança de falta no ângulo aos 11 minutos do segundo tempo.

Logo aos 25 minutos, o Conquista tinha a chance de empatar com pênalti em cima de Rayllan. Porém, Tatu acabou desperdiçando a cobrança e mandou a bola na trave. Na sequência, após perder o contra-ataque, o Vitória bobeou na defesa e o atacante do Vitória da Conquista mandou para o gol na saída do goleiro Fernando Miguel. O resultado em 1 a 1 ficou de bom tamanho para o Leão diante da qualidade do adversário no segundo tempo. Após o empate, o Conquista tentou a virada e chegou a colocar uma bola na trave.


Ficha Técnica
VITÓRIA DA CONQUISTA x VITÓRIA
Data:
10/02/2016
Hora: 20h45
Público: 1.248 pagantes
Renda: R$ 22.260
Local: Estádio Mário Pessoa, Ilhéus (BA)
Arbitragem: Jaílson Macedo Freitas; Assistentes: Jucimar dos Santos Dias e Claudio Santos Oliveira
Vitoria da Conquista: Carlos Roberto; Artur, Leandro, Silvio e Thiaguinho; Edimar, Maicon costa, Kléber (Rayllan) e Rafael Granja; Carlinhos e Tatu (Cacá); 
Técnico: Evandro Guimarães
Vitória: Fernando Miguel; Maicon Silva (Euller), Vinícius, Ramon e Diego Renan; Amaral e Willian Farias; Marinho, Tiago Real (David), Alípio (Willian Henrique) e Vander; 
Técnico: Vágner Mancini
Cartões Amarelos: Rafael Granja e Tatu; Diego Renan e Ramon
Gols: Tatu; Marinho

Notícias relacionadas