Esportes

"Tinham atletas dispersos", diz Doriva, após fazer 'chacoalhão no Bahia

Em entrevista exclusiva à equipe dos Campeões da Bola da Rádio Metrópole, o técnico Doriva afirmou ter feito o que ele chamou de 'chacoalhão' em alguns jogadores do Bahia no empate com o Globo-RN na estreia da Copa do Brasil. [Leia mais...]

[
Foto : Felipe Oliveira/Divulgação/Flickr/ECB

Por Matheus Simoni no dia 17 de Março de 2016 ⋅ 00:30

Em entrevista exclusiva à equipe dos Campeões da Bola da Rádio Metrópole, o técnico Doriva afirmou ter feito o que ele chamou de 'chacoalhão' em alguns jogadores do Bahia no empate com o Globo-RN na estreia da Copa do Brasil. Segundo o treinador, foi preciso uma dura conversa com os atletas que não estavam bem no jogo.

"Foi um chacoalhão geral. Tinham atletas dispersos e errando muito no jogo. Eles entenderam isso e voltaram focados e concentrados no jogo, que melhorou", disse. Doriva também comentou a entrada de Jacó no jogo, que não foi muito bem aceita entre os torcedores.

O treinador admitiu que o atacante não é dos mais técnicos, mas desenvolve um papel importante na equipe. "Jacó é um jogador que, tecnicamente, tem as suas dificuldades, mas ele é um bicho, atropela os zagueiros. Ele tem as suas particularidades como atleta mas tem a sua importância", afirmou.

Notícias relacionadas