Esportes

Suspeito de estuprar camareiras, boxeador do Marrocos é preso no Rio de Janeiro

O boxeador do Marrocos Hassan Saada foi preso na manhã desta sexta-feira (5) na Vila dos Atletas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, acusado de estupro. O atleta teria praticado o crime contra duas camareiras brasileiras que trabalham no complexo [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/G1

Por Bárbara Silveira no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 12:08

O boxeador do Marrocos Hassan Saada foi preso na manhã desta sexta-feira (5) na Vila dos Atletas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, suspeito de estupro. O atleta teria praticado o crime contra duas camareiras brasileiras que trabalham no complexo.

Ao portal Uol, a delegada responsável pelo caso, Carolina Salmão, contou que as camareiras disseram em depoimento que o boxeador saiu do quarto e fez um sinal de que queria um beijo na boca. Então ele se aproximou e tentou beijar uma delas, que tentou afastá-lo e a companheira de trabalho foi ajudá-la.

Em nota, o comitê organizador da Rio-2016 disse que vai contribuir com as investigações. "O Comitê Rio-2016 está ciente do caso. Denúncia foi feita e a Polícia deteve um atleta na Vila. Acompanhamos e colaboramos com a investigação", diz. O atleta ficará preso temporariamente por 15 dias. 

Notícias relacionadas

[Bahia anuncia chegada de Rodriguinho]
Esportes

Bahia anuncia chegada de Rodriguinho

Por Metro1 no dia 17 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:35 em Esportes

Para contratar o meia de 31 anos, o Bahia superou a concorrência de clubes do exterior