Esportes

Boxeador da Namíbia é preso acusado de estuprar camareira da Vila Olímpica

Jonas Junius, boxeador da Namíbia, de 22 anos, foi preso acusado de estuprar uma camareira na Vila Olímpica, no Rio de Janeiro. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Pedro Ugarte/ AFP/ Reprodução

Por Matheus Morais no dia 08 de Agosto de 2016 ⋅ 12:01

Jonas Junius, boxeador da Namíbia, de 22 anos, foi preso acusado de estuprar uma camareira na Vila Olímpica, no Rio de Janeiro. O atleta foi denunciado pela vítima. Segundo a delegada Carolina Salomão, o boxeador agarrou a camareira e a beijou, oferecendo dinheiro em seguida para que ela mantivesse relação sexual com ele. 

De acordo com o jornal O Globo, a camareira saiu correndo e procurou a polícia depois da abordagem. Junius foi encaminhado para a delegacia e segue para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, e corre o risco de ficar fora da Olimpíada. 

O boxeador lutaria nesta quinta-feira (11), com o francês Hassan Anzille. Este é o segundo caso de estupro na Vila Olímpica. Na sexta-feira (5), o boxeador marroquino Hassan Saada, de 22 anos, foi preso acusado de estupro a duas camareiras que limpavam seu quarto na Vila Olímpica e está detido em Bangu. 

Notícias relacionadas

[Ex-técnico do Vitória, Vadão morre aos 63 anos]
Esportes

Ex-técnico do Vitória, Vadão morre aos 63 anos

Por Matheus Simoni no dia 25 de Maio de 2020 ⋅ 14:26 em Esportes

Após passagem pelo Bahia em 2004, treinador comandou o Vitória em 2007 na campanha que garantiu o acesso à Série A do Brasileirão