Esportes

Isaquias Queiroz será porta-bandeira do Brasil no encerramento das Olimpíadas

O canoísta baiano Isaquias Queiroz, recordista brasileiro em número de medalhas em uma mesma Olimpíada, faturando duas medalhas de prata e uma de bronze, comandará a delegação brasileira no desfile de encerramento, que acontece neste domingo (21), às 20h, no Maracanã. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Reuters/Damir Sagolj/ Direitos Reservados

Por Matheus Morais no dia 21 de Agosto de 2016 ⋅ 14:32

O canoísta baiano Isaquias Queiroz, recordista brasileiro em número de medalhas em uma mesma Olimpíada, faturando duas medalhas de prata e uma de bronze, comandará a delegação brasileira no desfile de encerramento, que acontece neste domingo (21), às 20h, no Maracanã. Ele foi escolhido pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) para ser o porta-bandeira do país, posto ocupado pela pentatleta Yane Marques na festa de abertura.

“Chegou a notícia quando eu estava dentro da van. Para mim é uma honra poder representar o Brasil inteiro. Levar a bandeira. Isso para mim é muito gratificante, receber reconhecimento por toda equipe. Não é só eu que vou estar ali. É toda a minha equipe que vai estar representada. E o Brasil inteiro”, afirmou Isaquias. 

Em sua primeira participação olímpica, o baiano conquistou medalhas em três provas diferentes da canoagem velocidade – prata na canoa individual de mil metros, bronze na canoa individual de 200 metros e prata na canoa dupla de mil metros, ao lado de Erlon Silva – e deixou para trás nomes como os atiradores Guilherme Paraense e Afrânio da Costa e os nadadores Gustavo Borges e Cesar Cielo, que haviam faturado duas medalhas em uma mesma Olimpíada.

Isaquias já foi bicampeão mundial no C1 500 metros (prova que não consta no programa olímpico) e é, junto com Erlon Silva, o atual campeão mundial na C2 mil metros

Notícias relacionadas

[Morre Sapatão, zagueiro ídolo do Bahia]
Esportes

Morre Sapatão, zagueiro ídolo do Bahia

Por Alexandre Galvão e Matheus Simoni no dia 05 de Junho de 2020 ⋅ 13:15 em Esportes

De acordo com informações recebidas pelo Metro1, o ex-atleta estava na UTI do Hospital da Bahia e respirava com a ajuda de aparelhos após ser diagnosticado com coronavíru...

[Ex-técnico do Vitória, Vadão morre aos 63 anos]
Esportes

Ex-técnico do Vitória, Vadão morre aos 63 anos

Por Matheus Simoni no dia 25 de Maio de 2020 ⋅ 14:26 em Esportes

Após passagem pelo Bahia em 2004, treinador comandou o Vitória em 2007 na campanha que garantiu o acesso à Série A do Brasileirão