Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Esportes

Vice-presidente nega contratação de Zé Love e garante Mancini no Vitória

O vice-presidente do Esporte Clube Vitória, Manoel Matos, esclareceu algumas dúvidas dos torcedores do Leão em entrevista ao programa Papo com Tillé, comandado por Antonio Tillemont, na Rádio Metrópole. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Wilker Porto/ Brumado Agora

Por Matheus Morais no dia 30 de Agosto de 2016 ⋅ 10:59

O vice-presidente do Esporte Clube Vitória, Manoel Matos, falou sobre temas relevantes referentes ao Leão em entrevista ao programa Papo com Tillé, comandado por Antonio Tillemont, na Rádio Metrópole. Em entrevista na noite de segunda-feira (29), Matos reafirmou que o técnico do clube, Vágner Mancini, permanece na Toca do Leão até o mês de dezembro. Além disso, o dirigente negou que o time tenha fechado contrato com o atacante Zé Love. 

Na oportunidade, Matos ressaltou que continua buscando novas contratações para o Vitória, que vive um momento complicado no Campeonato Brasileiro, beirando a zona de rebaixamento e repetindo uma série de exibições ruins na competição. "Estamos buscando. Sobre Zé Love, ele foi oferecido ao Vitória, mas não tem nada fechado", afirmou. 

Quando o assunto foi a permanência de Mancini, Matos disse que o treinador fica no clube até o final do ano, apesar das constantes críticas da torcida. A gente, quando iniciou a contratação do técnico, a gente observou a necessidade de ter uma comissão técnica permanente. Na nossa visão, o que eu posso dizer é que Mancini está há 15 meses com a gente, ele é recordista no Vitória. Foi sempre elogiado quando estava tendo resultado. Agora os resultados não estão saindo, ele é cobrado. Nós vamos tomar as decisões juntos, ele vai ficar conosco até dezembro. Esse questionamento é porque os resultados não estão acontecendo. Existe pressão na diretoria, no time e na comissão técnica. O time está à flor da pele. Imagine para o treinador, o diretor, o auxiliar técnico. A gente precisa de estabilidade", ressaltou Matos. 

Notícias relacionadas

[Flamengo é campeão brasileiro de 2020]
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro de 2020

Por Matheus Simoni no dia 25 de Fevereiro de 2021 ⋅ 23:38 em Esportes

Time carioca disputou até o último minuto com o Internacional, que ficou distante do título por apenas um gol