Esportes

Craque uruguaio revela ser fã de banda baiana de Axé; confira

O clube francês Paris Saint-Germain investiu na divulgação da sua marca além do continente europeu e divulgou no início desta semana uma plataforma para mostrar o gosto musical dos seus atletas. Em parceria com o aplicativo Spotify, gigante de streaming e compartilhamento de músicas em computadores, tablets e celulares, o time lançou a plataforma Magic Sound, que revela quais as músicas favoritas dos jogadores. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/AFP

Por Matheus Simoni no dia 28 de Julho de 2015 ⋅ 19:51

O clube francês Paris Saint-Germain investiu na divulgação da sua marca além do continente europeu e divulgou no início desta semana uma plataforma para mostrar o gosto musical dos seus atletas. Em parceria com o aplicativo Spotify, gigante de streaming e compartilhamento de músicas em computadores, tablets e celulares, o time lançou a plataforma Magic Sound, que revela quais as músicas favoritas dos jogadores. Entre as playlists destacadas estão a de jogadores famosos como o sueco Zlatan Ibrahimovic, o argentino Ezequiel Lavezzi e os brasileiros David Luiz, Thiago Silva e Marquinhos. Entretanto, a que mais chamou a atenção dos internautas foi a do uruguaio Cavani, que revelou ter um gosto musical bastante brasileiro. Uma de suas músicas favoritas está "Mal Acostumado", reproduzida pela banda baiana Ara Ketu. Confira a lista completa:

Notícias relacionadas

[Carol Solberg recorre de advertência ao Pleno do STJD]
Esportes

Carol Solberg recorre de advertência ao Pleno do STJD

Por Luciana Freire no dia 19 de Outubro de 2020 ⋅ 22:00 em Esportes

Na última terça (13), em julgamento em primeira instância, ela foi condenada, por três votos a dois, por descumprir regulamento, ao falar "Fora Bolsonaro" após uma partid...

[Santos e Robinho anunciam suspensão de contrato ]
Esportes

Santos e Robinho anunciam suspensão de contrato

Por Luciana Freire no dia 16 de Outubro de 2020 ⋅ 19:22 em Esportes

Decisão se dá depois da pressão de conselheiros e patrocinadores após a divulgação de diálogos em que o jogador Robinho relata estupro que teria sido cometido por ele