Esportes

Guto comenta atuação do Bahia e reclama do Carnaval por adiamento de partida

O técnico Guto Ferreira criticou a atuação do Bahia diante do Paraná nesta quarta-feira (8), pela segunda fase da Copa do Brasil. O time baiano acabou eliminado após perder por 2 a 0. Para o treinador, o desempenho do tricolor ficou abaixo do esperado. [Leia mais...]

[Guto comenta atuação do Bahia e reclama do Carnaval por adiamento de partida]
Foto : Marinho Jr/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 08 de Março de 2017 ⋅ 21:59

O técnico Guto Ferreira criticou a atuação do Bahia diante do Paraná nesta quarta-feira (8), pela segunda fase da Copa do Brasil. O time baiano acabou eliminado após perder por 2 a 0. Para o treinador, o desempenho do tricolor ficou abaixo do esperado. "Um jogo como esse não se pode errar, não pode ter erro fatal. Há o desequilíbrio, não conseguimos romper a defesa deles. Quando rompemos, não conseguimos marcar. Eles jogaram na característica deles, de transição muito rápida. Erramos e tomamos o escanteio, acabamos dando o gol para eles. Se não tivesse acontecido isso, quem sabe a gente poderia ter achado o nosso gol também", disse o comandante da equipe.  

Ainda de acordo com Guto Ferreira, o adiamento da partida na época do Carnaval também foi prejudicial para o Bahia. O confronto estava marcado inicialmente para o dia 22 de fevereiro, pouco antes do período carnavalesco. No entanto, o time baiano acabou enfrentando problemas no voo e solicitou a remarcação para a partida. O jogo chegou a mudar de data, mas a Polícia Militar de Curitiba não teria contingente suficiente para garantir a segurança do evento. "Se houvesse condições de se jogar no carnaval e transporte adequado, chegando numa condição boa, poderíamos ter jogado de igual para igual. Tivemos problemas no voo. Nossos jogadores ficaram num saguão de aeroporto. Um voo que era para durar cinco horas acabou durando doze. Queria ver vocês com doze horas no lombo entrar no dia seguinte e jogar uma partida com essas condições e do jeito que foi", afirmou. 

O treinador disse ainda que o resultado poderia ter sido diferente se o regulamento da Copa do Brasil permitisse o duelo de volta na capital baiana. "É sorteio. Do jeito que foi, talvez a gente pudesse ter ganhado em Salvador, ou não, assim como poderíamos ter ganhado hoje. Eles estavam jogando no nosso erro, eles têm uma transição muito boa. Foram competentes nisso e acabaram fazendo o segundo gol, numa situação em que as coisas vão acontecendo e os jogadores vão cansando", declarou Guto.

Notícias relacionadas