Esportes

Conselho aprova novo estatuto e Vitória se aproxima das eleições diretas

Em reunião realizada pelo Conselho Deliberativo do Vitória, presidido por Paulo Catharino Gordilho Filho, realizada na sala de convivência do Barradão, os conselheiros do Vitória aprovaram o projeto do novo estatuto social do Vitória. O texto será colocado em votação na Assembleia-Geral Extraordinária (AGE) dos sócios, marcada para o próximo domingo (2), às 8h, no Barradão. [Leia mais...]

[Conselho aprova novo estatuto e Vitória se aproxima das eleições diretas]
Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Por Matheus Simoni no dia 29 de Março de 2017 ⋅ 15:11

Em reunião realizada pelo Conselho Deliberativo do Vitória, presidido por Paulo Catharino Gordilho Filho, realizada na sala de convivência do Barradão, os conselheiros do Vitória aprovaram o projeto do novo estatuto social do Vitória. O texto será colocado em votação na Assembleia-Geral Extraordinária (AGE) dos sócios, marcada para o próximo domingo (2), às 8h, no Barradão.

O projeto teve como base na minuta votada na Assembleia Geral Extraordinária realizada em 2015, na Arena Fonte Nova. Cerca de 150 conselheiros presentes no encontro votaram sobre os mais diversos temas envolvendo o novo estatuto, como a eleição direta para a presidência do clube. O método de eleição também foi mantido como direto para a presidência do Conselho Deliberativo. A reunião contou com a presença de figuras que estiveram no comando do clube nos últimos anos.

O ex-presidente do Vitória entre 1991 e 2005, Paulo Carneiro, se mostrou contente com a aprovação do novo estatuto. "Até me arrepio ao falar, doze anos depois de entrar aqui. Estamos tentando contribuir com o trabalho da nova gestão. Quem é rubro-negro não tem que fazer política na hora errada. O estatuto é a nossa bíblia, a nossa constituição e precisamos preparar o Vitória para o futuro. Quero continuar participando das reuniões e espero que a gente consiga fazer esse clube crescer ainda mais", disse o ex-dirigente rubro-negro.

Quem também compareceu foi o mais recente ex-presidente do Leão da Barra, Raimundo Viana, que esteve no clube desde março de 2015 até o fim de 2016. Raimundo Viana, por sua vez, foi enfático: vai pedir aos sócios que aprovem o estatuto na próxima AGE. "Quando eu assumi o Vitória declarei que seria o último presidente a assumir por via indireta. Infelizmente, outras forças não permitiram isso. Porém, a última eleição feita nunca aconteceu na nossa história. O colegiado todo mobilizado, com quatro chapas e com um processo bem desenvolvido. Isso que acontece hoje é uma consequência do cuidado que tivemos em fazer uma eleição limpa e bonita. Hoje, me declaro vitorioso, pois estou vendo as eleições diretas sendo implantadas", declarou o ex-presidente.

Em entrevista ao Metro1, o ex-candidato à presidência do clube Ricardo David, um dos integrantes da oposição, comemorou a aprovação do texto. Segundo ele, o novo estatuto representa 'uma vitória do vitória'. "Ganhamos todos nós com essa condução. Agora temos um estatuto que, obviamente ainda tem algumas coisas e uns pontos que vão precisar ser reparados. Mas é muito pouco, eu acho que o estatuto como um todo, com eleição direta e conselho proporcional, tudo aquilo que prometemos caso ganhássemos as eleições, está se concretizando agora", disse David. "Com esses acertos que foram dados através de emendas de sócios e outras referendadas pelo conselho, estamos chegando a um estatuto muito próximo do que o Vitória vai precisar para ser cada vez maior nos próximos anos", finalizou. 

Responsável pela condução dos trâmites para a AGE, o presidente do conselho, Paulo Catharino, comentou a importância da participação de ex-presidentes na reunião e se disse animado para que o estatuto seja aprovado definitivamente. "É uma emoção muito grande. Estou orgulhoso do nosso clube e do nosso Conselho. A gente teve a legitimidade de ex-presidentes que contribuíram, construímos um debate respeitoso e alcançamos o objetivo maior que é entregar ao torcedor a abertura do clube com a reforma do estatuto", declarou Catharino.

O próximo passo para a aprovação do novo estatuto ocorre no dia 02 de abril, às 08h, no estacionamento Premium Barradão, onde funcionava o antigo estacionamento dos conselheiros. Na AGE, os sócios rubro-negros com 18 meses ou mais vão poder votar na proposta do novo estatuto social do clube que foi aprovado em Conselho.

Notícias relacionadas