Esportes

Torcedores da dupla Ba-Vi rejeitam torcida única em clássicos: você é contra ou a favor?

Nos próximos dias acontecerão quatro jogos dos clássicos Ba-Vis em Salvador. Porém, os estádios não poderão receber a torcida visitante, devido a uma recomendação do Ministério Público. Os torcedores, tanto os do time do Bahia, como os do Vitória são contra a essa medida.[Leia mais...]

[Torcedores da dupla Ba-Vi rejeitam torcida única em clássicos: você é contra ou a favor?]
Foto : Lucas Melo / Ag: BAPRESS

Por Paloma Morais no dia 27 de Abril de 2017 ⋅ 16:02

Nos próximos dias acontecerão quatro jogos dos clássico Ba-Vis em Salvador. Porém, os estádios não poderão receber a torcida visitante, devido a uma recomendação do Ministério Público. Os torcedores, tanto os do time do Bahia, como os do Vitória são contra a essa medida.

De acordo com o torcedor do Vitória, Alisson Ferreira, 24, técnico em Automação Industrial, a violência não tem relação com as torcidas, mas sim com pessoas que vão aos estádios com o objetivo de brigar. Para ele, 'deve-se investigar quem são as pessoas que estão envolvidas e infiltrados nas torcidas, mas não colocar uma torcida única, já que nos estádios têm pessoas de bem, e que na sua maioria não tem a intenção de machucar ninguém'.

Já para o torcedor do Bahia, Alfredo Lacerda, 22, estudante de Ciências Contábeis, a implantação da torcida única nos clássicos surtiu efeito positivo em outros estádios pelo país. Porém, para ele, não se pode comparar o histórico de violência entre torcidas em outros estados com Salvador. “Aqui são fatos isolados, lá é constante. Já fui em muitos BA-VIs e na maioria ocorreu tudo bem. Acho cedo demais para implantar o sistema de torcida única em Salvador, visto que a violência entre as torcidas aqui não é constante”, conclui.

Romário Almeida, 22, estudante de Comunicação, torcedor do time do Vitória, também diz ser contra a torcida única nos estádios. “Acho que não diminui a violência, porque as pessoas podem perfeitamente se infiltrar na torcida e brigar. E a beleza dos jogos são as torcidas, não faz nenhum sentido ter uma torcida só”, explica.

O estudante de Engenharia Mecânica e torcedor do Bahia, Hebert Lobo, 23, acredita que a medida é paliativa para evitar violências no momento. “Sou a favor no momento! Devido aos fatos recentes, mas acho que eles devem pensar em algo mais eficaz e que não prejudique os times”, diz ele.

Para o geólogo e torcedor do Esporte Clube Vitória, Anderson Rocha dos Santos, 33, “o bacana é que as torcidas curtam os jogos juntas! Esse é o espírito do esporte”.

E você? O que acha da adoção de torcida única nos estádios baianos? Vote!

 

Notícias relacionadas