Esportes

Lateral do Bahia critica violência no Ba-Vi: \'Somos jogadores de futebol e não lutadores\'

O lateral-direito do Bahia Eduardo falou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (28), no Fazendão, sobre a derrota do tricolor para o arquirrival Vitória por 2 a 1 pela Copa do Nordeste. Para o atleta, o clássico foi manchado pelas confusões entre os jogadores dos dois elencos. Eduardo defendeu que a equipe precisa ter foco se quiser garantir a vaga na final da competição. [Leia mais...]

[Lateral do Bahia critica violência no Ba-Vi: \'Somos jogadores de futebol e não lutadores\']
Foto : Divulgação/Felipe Oliveira/ECB

Por Matheus Simoni no dia 28 de Abril de 2017 ⋅ 16:50

O lateral-direito do Bahia Eduardo falou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (28), no Fazendão, sobre a derrota do tricolor para o arquirrival Vitória por 2 a 1 pela Copa do Nordeste. Para o atleta, o clássico foi manchado pelas confusões entre os jogadores dos dois elencos. Eduardo defendeu que a equipe precisa ter foco se quiser garantir a vaga na final da competição.

'Menos confusão e mais futebol. É isso que eu vejo, principalmente nos clássicos. Tem que deixar a emoção com a torcida e agir com a razão. A partir do momento que a gente perde a razão, o futebol vai sumindo e acontece esse tipo de confusão. Temos que focar no resultado, precisamos do triunfo e vamos em busca dele, esse é meu pensamento', disse o defensor.

Ainda segundo Eduardo, o ingrediente principal para que o Bahia consiga um bom resultado é lembrar que os companheiros são jogadores de futebol 'e não lutadores'.

'Tem que esquecer provocação, esquecer clima de briga e focar no futebol, fazendo nosso melhor. Somos jogadores de futebol e não lutadores. Temos que esquecer um pouco disso. Desde que cheguei aqui eu tenho prestado atenção nisso, a torcida às vezes troca uma jogada bonita por uma jogada desleal ou uma porrada no adversário. Isso tem que acabar no futebol, a gente tem que se preocupar em jogar', declarou o tricolor.

Notícias relacionadas