Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Esportes

Vitória demite assessor de imprensa; desligamento ocorre após divulgação de gafe com Mancini

O Vitória demitiu nesta segunda-feira (2) o assessor de comunicação da diretoria do clube, Edmilson Ferreira. Em contato com o Metro1, o profissional afirmou que o desligamento se deu por conta de readequação financeira. [Leia mais...]

[Vitória demite assessor de imprensa; desligamento ocorre após divulgação de gafe com Mancini]
Foto : Divulgação/ECV/Bruno Barretto

Por Matheus Simoni no dia 02 de Outubro de 2017 ⋅ 17:47

O Vitória demitiu nesta segunda-feira (2) o assessor de comunicação da diretoria do clube, Edmilson Ferreira. Em contato com o Metro1, o profissional afirmou que o desligamento se deu por conta de readequação financeira. "Foi uma honra para mim ter trabalhado no clube que amo", disse. A demissão ocorre dias após uma gafe envolvendo o técnico Vagner Mancini na sala de imprensa do clube.

Na última sexta-feira (29), o comandante rubro-negro tinha entrevista coletiva marcada para as 14h30. No entanto, ele só chegou ao local por volta das 15h30. Questionada, a assessoria do clube afirmou que Mancini se atrasou por conta de um pneu furado, informação que foi negada pelo próprio técnico. "Pneu? Que pneu? Esqueceram de me avisar isso. Eu não me atrasei. Na verdade, fui informado que a coletiva seria depois do treino. Mudaram e não me falaram nada", disse o treinador, arrancando risos dos repórteres na sala de imprensa. A informação foi divulgada na coluna Bate-Pronto do jornal Correio.

Após o ocorrido, a assessoria pediu desculpa pela história inventada. Ao Metro1, Edmilson afirmou que o erro na marcação da entrevista não havia sido cometido por ele, mas confirmou que inventou a história do pneu furado. Procurado pela reportagem, o Vitória confirmou que o desligamento se deu por "reestruturação", mas negou que a demissão tenha ocorrido por conta da gafe.

Notícias relacionadas

[Flamengo é campeão brasileiro de 2020]
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro de 2020

Por Matheus Simoni no dia 25 de Fevereiro de 2021 ⋅ 23:38 em Esportes

Time carioca disputou até o último minuto com o Internacional, que ficou distante do título por apenas um gol