Esportes

Volante do Bahia acusa atacante do Vitória de chamá-lo de "macaco"

Após o apito final do clássico Ba-Vi realizado neste domingo (22), uma confusão tomou conta do campo da Arena Fonte Nova envolvendo dois atletas das duas equipes. Depois do jogo, com o Bahia vencendo o Vitória, o volante tricolor Renê Júnior partiu para cima do atacante rubro-negro Santiago Tréllez. [Leia mais...]

[Volante do Bahia acusa atacante do Vitória de chamá-lo de
Foto : Divulgação/ECB/Felipe Oliveira/ECV/Maurícia da Matta

Por Matheus Simoni no dia 22 de Outubro de 2017 ⋅ 18:26

Após o apito final do clássico Ba-Vi realizado neste domingo (22), uma confusão tomou conta do campo da Arena Fonte Nova envolvendo dois atletas das duas equipes. Depois do jogo, com o Bahia vencendo o Vitória, o volante tricolor Renê Júnior partiu para cima do atacante rubro-negro Santiago Tréllez.

O colombiano teria chamado o adversário de "macaco", o que gerou revolta dos tricolores presentes no jogo. Revoltado, Renê Júnior tentou partir para cima do rival, mas precisou ser contido pelos companheiros de equipe. Segundo informações obtidas pela Metrópole, o volante tricolor chegou a cogitar ir a uma delegacia próxima à Arena para prestar queixa contra o colombiano por racismo. Após o ocorrido, ainda dentro de campo, os jogadores do Vitória se reuniram no gramado e decidiram não falar com a imprensa. 

Nos bastidores, Tréllez teria admitido que chamou Renê Júnior de "macaco", mas que estava de cabeça quente.

Notícias relacionadas