Esportes

Atacante do Vitória é absolvido de acusação de injúria racial no STJD

O atacante colombiano do Vitória, Santiago Tréllez, foi julgado nesta sexta-feira (10) pela Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela acusação de injúria racial contra o volante Renê Júnior, do Bahia, no último clássico entre as duas equipes no Brasileirão da Série A. [Leia mais...]

[Atacante do Vitória é absolvido de acusação de injúria racial no STJD]
Foto : Maurícia da Matta/ECV/Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 10 de Novembro de 2017 ⋅ 14:28

O atacante colombiano do Vitória, Santiago Tréllez, foi julgado nesta sexta-feira (10) pela Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela acusação de injúria racial contra o volante Renê Júnior, do Bahia, no último clássico entre as duas equipes no Brasileirão da Série A. O atleta havia sido denunciado pela Procuradoria da Justiça Desportiva, mas foi absolvido pelo colegiado.

Santiago Tréllez foi enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata da prática de \"ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência\". Ainda de acordo com a legislaçã, a pena prevista caso ele fosse condenado era de suspensão de 5 a 10 partidas, além de multa que pode variar entre R$ 100 a R$ 100 mil.

Com a absolvição, o centroavante do Vitória está liberado para entrar em campo no próximo domingo (12), data em que o rubro-negro vai até Caxias do Sul enfrentar o Grêmio, pela 34ª rodada da Série A do Brasileirão.

Notícias relacionadas