Esportes

STJD tira multas, mantém suspensões do Vitória, mas impede que campeão baiano seja decretado

Com a medida, as multas de R$ 100 mil ao clube e R$ 75 mil a Kanu, impostas pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), foram removidas. No entanto, as suspensões dos atletas envolvidos na confusão, do técnico Vagner Mancini e do zagueiro, que está impedido de atuar em qualquer competição por 90 dias, seguem válidas. [Leia mais...]

[STJD tira multas, mantém suspensões do Vitória, mas impede que campeão baiano seja decretado]
Foto : Maurícia da Matta/ EC Vitória

Por Metro1 no dia 23 de Março de 2018 ⋅ 08:40

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva concedeu um efeito suspensivo parcial ao Vitória em relação ao tumulto do último Ba-Vi, encerrado antes do tempo regulamentar, no último dia 18 de fevereiro, no Barradão. A decisão foi tomada pelo auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva, que será o relator do processo no Pleno do STJD.

Com a medida, as multas de R$ 100 mil ao clube e R$ 75 mil a Kanu, impostas pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), foram removidas. No entanto, as suspensões dos atletas envolvidos na confusão, do técnico Vagner Mancini e do zagueiro, que está impedido de atuar em qualquer competição por 90 dias, seguem válidas.

A determinação mais polêmica adotada, no entanto, foi em relação ao título do Campeonato Baiano. Conforme a sentença, a FBF (Federação Bahiana de Futebol) está impedida de homologar o vencedor do torneio até que o mérito da ação seja julgado. A sessão ainda não tem data definida. A final está marcada para 8 de abril.

Semifinais – Para os jogos deste fim de semana, pelo lado rubro-negro, além do treinador e do defensor, o meia Yago e o atacante Denilson estão fora da segunda partida contra o Bahia de Feira, amanhã, às 5h da tarde, no Barradão.

Entre os tricolores, o zagueiro Rodrigo Becão e o volante Edson estão impedidos de enfrentar a Juazeirense, no domingo, às 4h da tarde, na Arena Fonte Nova.

Notícias relacionadas