Esportes

Em jogo com dois gols contra, Bahia vence a Juazeirense por 3 a 0

O Bahia recebeu hoje a equipe da Juazeirense no duelo decisivo pela vaga na final do Campeonato Baiano 2018. Em partida disputada na Arena Fonte Nova, o tricolor teve dificuldades para chegar ao gol, mas acabou tendo uma ajudinha do adversário, que marcou dois gols contra. Com o placar de 3 a 0, o Esquadrão de Aço venceu e vai disputar o título estadual com o arquirrival Vitória. [Leia mais...]

[Em jogo com dois gols contra, Bahia vence a Juazeirense por 3 a 0]
Foto : Divulgação/ECB/Felipe Oliveira

Por Matheus Simoni no dia 25 de Março de 2018 ⋅ 17:47

O Bahia recebeu hoje a equipe da Juazeirense no duelo decisivo pela vaga na final do Campeonato Baiano 2018. Em partida disputada na Arena Fonte Nova, o tricolor teve dificuldades para chegar ao gol, mas acabou tendo uma ajudinha do adversário, que marcou dois gols contra. Com o placar de 3 a 0, o Esquadrão de Aço venceu e vai disputar o título estadual com o arquirrival Vitória.

Júnior Brumado foi o único tricolor a marcar. O restante foi anotado por Júnior Gaúcho e Capone. O próximo compromisso do Bahia é diante do Botafogo-PB, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, no Almeidão, na quinta-feira (29). Já o primeiro Ba-Vi decisivo está marcado para o dia 1º de abril, na Fonte Nova, às 16h.

A história do jogo - Jogando por um empate simples, o Bahia veio a campo com o time mesclado com atletas que a torcida tanto pediu: o volante Gregore centralizado no meio e o quarteto ofensivo formado por Vinícius, Zé Rafael, Marco Antônio e Edigar Junio. A equipe tricolor encontrou o adversário marcando bem, mas não aliviou e obrigou o goleiro Tigre a fazer boas defesas.

A Juazeirense se defendia como dava, mas não contou com a infelicidade do zagueiro Júnior Gaúcho. Em cruzamento da direita, Nino Paraíba cruzou e o defensor tentou cortar a bola, mas acabou mandando contra o próprio patrimônio. No segundo tempo, outro vacilo. Capone recuou a bola para Tigre, que vinha atuando bem no jogo. O arqueiro do time de Juazeiro furou e a bola acabou indo parar no fundo das redes.

Já no fim do jogo, o lateral-direito Nino Paraíba tentou uma jogada e acabou expulso por simulação em uma falta no campo de ataque. O árbitro deu o segundo amarelo e o tirou do jogo. Quando a partida já se encaminhava para o fim, Júnior Brumado fez fila na defesa da Juazeirense e marcou um gol histórico. Driblando meio time, o atacante invadiu a área a de uma cavadinha no lado esquerdo do goleiro, que caiu mas não defendeu.

Notícias relacionadas

[Copa do Brasil 2020: Dupla Ba-Vi conhece adversários]
Esportes

Copa do Brasil 2020: Dupla Ba-Vi conhece adversários

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Dezembro de 2019 ⋅ 14:34 em Esportes

Além da dupla, o Bahia de Feira receberá o Luverdense, e precisa vencer para passar de fase. O Atlético da Bahia, também em seu mando de campo, disputa a vaga com o Botaf...