Esportes

Mancini lamenta ʹgosto amargoʹ após derrota e revela abatimento de Caíque: ʹArrasadoʹ

O técnico Vagner Mancini lamentou o revés sofrido pelo Vitória na partida de hoje contra o Internacional-RS hoje (11), pelo jogo de ida da Copa do Brasil. Jogando em Porto Alegre, o rubro-negro empatava até o fim e acabou sendo derrotado após falha do goleiro Caíque. Em entrevista coletiva, o comandante do Leão da Barra revelou que o jogador recebeu o apoio de companheiros ao final do jogo. [Leia mais...]

[Mancini lamenta ʹgosto amargoʹ após derrota e revela abatimento de Caíque: ʹArrasadoʹ]
Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Por Matheus Simoni no dia 11 de Abril de 2018 ⋅ 22:37

O técnico Vagner Mancini lamentou o revés sofrido pelo Vitória na partida de hoje contra o Internacional-RS hoje (11), pelo jogo de ida da Copa do Brasil. Jogando em Porto Alegre, o rubro-negro empatava até o fim e acabou sendo derrotado após falha do goleiro Caíque. Em entrevista coletiva, o comandante do Leão da Barra revelou que o jogador recebeu o apoio de companheiros ao final do jogo.

"Saímos com um gosto amargo na boca. O empate seria um bom resultado e levaríamos uma certa vantagem no segundo jogo. Nos últimos lances do jogo, levamos um gol que acontece no futebol. Estamos cansados de ver isso. Foi uma bela atuação do Caíque, mas isso faz parte do futebol, temos que tentar assimilar rapidamente", disse o técnico.

"O Caíque está arrasado. Ele tomou um gol que não tomaria. Ele fez um grande jogo, entrou na equipe hoje por opção minha. Vinha fazendo um jogo espetacular e talvez fosse escolhido o melhor do jogo. Infelizmente, num lance já no final ele falhou. Ele sabe que falhou, todo mundo está chateado, torcida, imprensa, a gente e ele. Mas a gente sabe que tem que dar apoio, assim como nós perdemos gols incríveis também há a falha do goleiro", revelou.

Questionado sobre a dificuldade do próximo encontre entre as duas equipes, Mancini afirmou que o Vitória tem tudo para desempenhar um bom futebol e surpreender o adversário gaúcho. "O jogo de Salvador vai ser mais um jogo difícil, um jogo disputado por duas equipes bem arrumadas taticamente e que não dão muita chance ao adversário. Espero um segundo jogo dessa forma, onde a equipe que tiver um pouquinho mais de velocidade e transição rápida vai chegar na frente com uma facilidade maior. O Inter chegou mais hoje até pelo segundo tempo. Espero que lá em Salvador incomodar essa parte defensiva do Inter", declarou.

Notícias relacionadas