Esportes

'Querem mudança, mas não te dão a condição', diz diretor após demissão do Vitória

O agora ex-dirigente rubro-negro disse não ter mágoas, mas afirmou que a série de fracassos do Leão da Barra na temporada teria que "cair em cima" de alguém

['Querem mudança, mas não te dão a condição', diz diretor após demissão do Vitória]
Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Por Metro1 no dia 18 de Maio de 2018 ⋅ 14:42

Demitido na noite de ontem (17) da diretoria de futebol do Vitória, Erasmo Damiani criticou a cobrança rápida por resultados por parte da diretoria do clube. Em entrevista ao portal UOL, o agora ex-dirigente rubro-negro disse não ter mágoas, mas afirmou que a série de fracassos do Leão da Barra na temporada teria que "cair em cima" de alguém.

"Eu não tenho do que reclamar. Eles são novos, estão assumindo, então tem algumas promessas de campanha que não estavam acontecendo como queriam. Eles queriam uma mudança, mas a condição de mudança não é dada. Não se espera terminar o ano. Se muda no meio. As pessoas querem mudança, mas não te dão a condição das mudanças que querem", declarou.

Questionado sobre o orçamento garantido para contratar reforços para equipe, Damiani revelou que encontrou muita dificuldade para encontrar atletas para vestir a camisa rubro-negra.

"Você assume no dia 14 de dezembro. Ou seja: 15 dias para terminar o ano, quando o mercado brasileiro já estava em ativa. Você tem que contratar jogador, enxugar a folha, entender a política financeira do clube, saber o que pode... Aí você enxuga a folha em R$ 1,2 milhão, e chegam para você: 'ó, você pode gastar 500 mil para montar o time para o Estadual", contou.

Notícias relacionadas