Esportes

Campeã pan-americana de Karatê, atleta baiana busca patrocínio

"A gente só conta com os cartões de crédito da minha mãe e dos meus tios. É assim que a gente vai levando", diz a jovem

[Campeã pan-americana de Karatê, atleta baiana busca patrocínio]
Foto : Alexandre Prezzoti

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 13:00

A atleta Júlia Beatriz Nascimento, de 15 anos, vem colhendo bons frutos no karatê e conquistou o primeiro lugar na categoria cadete -47Kg, na disputa Campeonato Pan-Americano de Karatê no mês passado. A competição aconteceu no Rio de Janeiro e teve a participação de 17 países da América. 

No ano passado, ela já havia conquistado a medalha de ouro na mesma categoria disputando o Open Internacional de Karatê em Punta Del Este, no Uruguai. Em entrevista ao Metro1, ela revela as dificuldades para conseguir pagar os treinos e as viagens. Mesmo com toda dificuldade, ela lidera o ranking nacional e ocupa a quinta posição na ranking mundial. Além disso, ela é a única menina integrante da seleção brasileira que vem da Bahia. 

"A única coisa que sobram são as dívidas. Não encontro ninguém para ajudar, nem com treinos, hotel e passagem, nada. A gente só conta com os cartões de crédito da minha mãe e dos meus tios. É assim que a gente vai levando", declarou a jovem.

Em média, a atleta necessita de R$ 4 mil para bancar a disputa do Open de Veneza, na Itália, em novembro. Antes, Júlia tem compromisso na final do Campeonato Brasileiro, na etapa de Contagem-MG.

Notícias relacionadas