Esportes

Proposta para novo Mundial de Clubes cria tensão entre Fifa e Uefa

Com a proposta, a Copa das Confederações seria abandonada, assim como o atual Mundial de Clubes

[Proposta para novo Mundial de Clubes cria tensão entre Fifa e Uefa]
Foto : Doha Stadium Plus/Vinod Divakaran

Por Marina Hortélio no dia 25 de Outubro de 2018 ⋅ 19:40

Os planos do presidente da Fifa, Gianni Infantino, de realizar dois novos torneios mundiais foram inseridos na agenda da reunião do Conselho da Fifa que vai acontecer amanhã (26), em Kigali, Ruanda.

A proposta não é bem aceita por um dos grupos mais poderosos da organização, que, por esse motivo, ameaça abandonar a reunião em protesto.

Infantino propõe um plano de US$ 25 bilhões (R$ 92,5 bilhões) para reformular o Mundial de Clubes e para criar uma nova competição entre seleções nacionais, porém é fortemente combatido pela Uefa, a organização que controla o futebol europeu.

O plano foi apresentado pela Fifa há alguns meses pela Fifa. O novo Mundial de Clubes seria um torneio para 24 equipes, das quais metade seriam da Europa. Já o segundo torneio seria uma liga mundial de seleções, que ofuscaria a Liga das Nações criada pela Uefa, que começou a ser disputada em 2018.

Com a proposta, a Copa das Confederações seria abandonada, assim como o atual Mundial de Clubes.

Notícias relacionadas