Esportes

Técnico acusado de assédio é suspenso por 1.500 dias e multado em R$ 300 mil

Fernando de Carvalho Lopes foi julgado hoje pelo STJD

[Técnico acusado de assédio é suspenso por 1.500 dias e multado em R$ 300 mil]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Lara Ferreira no dia 09 de Novembro de 2018 ⋅ 15:40

O técnico Fernando de Carvalho Lopes foi julgado hoje (9), após denúncia de assédio por parte de atletas treinadas por ele, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) e recebeu pena máxima em todos os cinco artigos nos quais foi denunciado. 
 
Fernando vai ficar 1.500 dias suspenso e terá que pagar multa de R$ 300 mil para a CBG, que o mantinha como treinador da seleção. A punição, no entanto, foi decretada em primeira instância e ele ainda pode recorrer. 
 
O técnico foi acusado de assédio sexual por 25 ginastas que foram treinadas por ele em São Bernardo do Campo, cidade de São Paulo. O caso veio a público em 2016, às vésperas da Olimpíada do Rio, quando os pais de dois alunos fizeram denúncia ao Ministério Público. Fernando foi afastado do cargo de treinador da seleção brasileira na época. 

Notícias relacionadas