Esportes

Caso Neymar: laudo relata hematomas e estresse pós-trauma de vítima

Laudo ainda relata quadro de "dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas"

[Caso Neymar: laudo relata hematomas e estresse pós-trauma de vítima]
Foto : Lucas Figueiredo/CBF

Por Matheus Simoni no dia 03 de Junho de 2019 ⋅ 12:37

Um laudo médico de exames realizados no dia 21 de maio pela mulher que acusa o atacante brasileiro Neymar de estupro aponta hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de stress pós-traumático. A informação foi divulgada pelo portal UOL Esporte. Os exames foram feitos seis dias depois do suposto encontro do jogador com a mulher. Imagens do laudo mostram hematomas grandes e escuros na região das nádegas e das pernas da moça.

O laudo ainda relata quadro de "dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas". 

A vítima se queixou de tremor nos locais das agressões. Dentre as hipóteses de diagnóstico, de acordo com o portal, estão transtorno misto ansioso e depressivo, síndrome dispética - um conjunto de sintomas gástricos e traumatismos superficiais múltiplos. O laudo foi feito por um médico particular de um renomado hospital de São Paulo.

O atleta é investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). O inquérito será aberto hoje e Neymar deve ser chamado para depor e ter seu celular periciado. O mesmo deve ocorrer com a mulher.

Notícias relacionadas