Esportes

Tite nega nepotismo e defende filho como auxiliar técnico da seleção; veja vídeo

Ontem, no empate sem gols com a Venezuela na Fonte Nova, o filho do treinador chegou a orientar os jogadores e deu instruções aos substitutos que entraram na partida

[Tite nega nepotismo e defende filho como auxiliar técnico da seleção; veja vídeo]
Foto : Lucas Figueiredo/CBF

Por Matheus Simoni no dia 19 de Junho de 2019 ⋅ 09:00

O técnico Tite rebateu questionamentos feitos a respeito da posição do filho na comissão técnica da seleção brasileira. Matheus Rizzi Bachi integra o departamento que auxilia o treinador desde 2016, mas foi só após a saída do ex-jogador Sylvinho que ele assumiu uma posição no banco de reservas. Ontem, no empate sem gols com a Venezuela na Fonte Nova, o filho do treinador chegou a orientar os jogadores e deu instruções aos substitutos que entraram na partida.

Questionado por um jornalista do El País, que apontou um suposto "nepotismo" do comandante, Tite retrucou. "Eu tenho muito orgulho da capacidade que o Matheus tem. Ele está guinado em posições que tem condições para estar", analisou Tite. Pouco depois da resposta, ele olhou para seu filho, que estava sentado na primeira fileira da sala de coletivas.

Quando um outro repórter começava a fazer a pergunta, o gaúcho interrompeu. "Ele foi campeão brasileiro de uma maneira histórica no Corinthians. Tem história comigo", completou. Confira: 


 

Notícias relacionadas