Esportes

Jogador do Egito é afastado após acusação de assédio sexual

Polêmica se deu após as acusações de assédio sexual feitas pela modelo Merhan Keller no Instagram, onde ela publicou uma série de mensagens

[Jogador do Egito é afastado após acusação de assédio sexual]
Foto : Getty Images/Fifa

Por Matheus Simoni no dia 26 de Junho de 2019 ⋅ 09:17

O meia egípcio Amr Warda foi desconvocado da seleção nacional e não vai mais disputar a Copa Africana de Nações de 2019, que ocorre no Egito. O motivo foi a denúncia de assédio sexual contra o futebolista, além do vazamento de vídeos e fotos íntimas do atleta.

De acordo com a comissão técnica da seleção do Egito, com o corte de Warda, o time principal vai continuar com 22 jogadores até o fim do torneio. Amr Warda tem 25 anos e defende as cores do PAOK, da Grécia.

A polêmica se deu após as acusações de assédio sexual feitas pela modelo Merhan Keller no Instagram, onde ela publicou uma série de mensagens que teriam sido enviadas pelo jogador de 25 anos. A divulgação das mensagens levou outras mulheres a denunciar o jogador. 

Notícias relacionadas

[Bahia anuncia Lucca e Ronaldo ]
Esportes

Bahia anuncia Lucca e Ronaldo 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Julho de 2019 ⋅ 11:44 em Esportes

Lucca teve sua apresentação "adiantada" no dia 15 de julho e republicada hoje