Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Esportes

Bahia joga com camisa 'manchada de óleo' em protesto contra vazamento no litoral do Nordeste

Além de publicar imagem do uniforme da partida contra o Ceará, clube divulgou manifesto pela punição dos responsáveis

[Bahia joga com camisa 'manchada de óleo' em protesto contra vazamento no litoral do Nordeste]
Foto : Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 11:34

O Esporte Clube Bahia anunciou, hoje (20), nas redes sociais, que o uniforme da partida contra o Ceará, marcada para amanhã (21) em Pituaçu, estará "manchado de óleo" como forma de protesto contra o vazamento da substância no litoral do Nordeste. Além de publicar uma imagem da camisa, o clube divulgou um manifesto no qual justifica a ação e cobra a punição dos responsáveis pelo derramamento.

Leia a íntegra do texto:

O problema é seu. O problema é nosso.

Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?

O Bahia é você, somos nós, cada ser humano.

É a forma como representamos o amor, o apego, o chamego, o sagrado, a justiça. O Bahia é a união de um povo que vibra na mesma direção, que respira o mesmo ar e que depende da mesma natureza para existir, para sobreviver.

Jogaremos nesta segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu, com a camisa do Esquadrão manchada de óleo.

Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética e as leis que regem e viabilizam a humanidade?

A barbárie deve ser tratada como tal, não como algo natural.

Notícias relacionadas

[Flamengo é campeão brasileiro de 2020]
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro de 2020

Por Matheus Simoni no dia 25 de Fevereiro de 2021 ⋅ 23:38 em Esportes

Time carioca disputou até o último minuto com o Internacional, que ficou distante do título por apenas um gol