Esportes

FIA desiste de investigar Hamilton por protesto no pódio do GP da Toscana; 'Não vou parar', afirma piloto

Hamilton usou uma camisa por cima do macacão com uma mensagem dizendo: ‘prendam os policiais que mataram Breonna Taylor’

[FIA desiste de investigar Hamilton por protesto no pódio do GP da Toscana; 'Não vou parar', afirma piloto]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Kamille Martinho no dia 15 de Setembro de 2020 ⋅ 13:40

Após análise, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) desistiu de investigar o protesto antirracista do piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton feito no pódio do GP da Toscana, disputado no último domingo (13). As informações são da BBC.

Na ocasião, Hamilton usou uma camisa por cima do macacão com uma mensagem dizendo: ‘arrest the cops who killed Breonna Taylor’, ou ‘prendam os policiais que mataram Breonna Taylor’. O órgão estudava se a manifestação teria quebrado o protocolo.

De acordo com a BBC, a entidade não vai punir Hamilton, mas aproveitará a oportunidade para esclarecer o que é permitido e o que não é no pré-corrida e no pódio. Hamilton, entretanto, deixou claro que não pensa em parar de protestar e vai seguir jogando luz e levantando o debate sobre a discriminação, desigualdade social e a repressão policial.

“Bom dia, mundo. Espero que, onde quer que esteja, que você permaneça positivo em corpo e mente. Quero que saiba que não vou parar, não vou desistir, não vou desistir de usar esta plataforma para jogar luz sobre o que acredito ser o correto”, escreveu no Instagram.

Notícias relacionadas

[Bahia anuncia chegada do volante Elias ]
Esportes

Bahia anuncia chegada do volante Elias 

Por Alexandre Galvão no dia 24 de Setembro de 2020 ⋅ 13:07 em Esportes

O atleta foi um pedido do novo comandante do Bahia, Mano Menezes, com quem trabalhou no Corinthians em 2008 e 2014