Esportes

Após denúncia de Neymar, presidente da federação francesa diz que 'racismo não existe no futebol'

Nesta semana Neymar foi expulso após ter dado um tapa no zagueiro Álvaro González e acusou o defensor adversário de racismo; Comitê Disciplinar investiga o caso

[Após denúncia de Neymar, presidente da federação francesa diz que 'racismo não existe no futebol']
Foto : Divulgação/ PSG

Por Luciana Freire no dia 15 de Setembro de 2020 ⋅ 19:30

Presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, afirmou que discriminação por raça não é um problema no esporte.

“O fenômeno do racismo no esporte, e no futebol em particular, não existe ou quase não existe”, afirmou o dirigente em entrevista a o canal “RMC”.

Nesta semana Neymar foi expulso após ter dado um tapa no zagueiro Álvaro González na derrota do PSG para o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês, e acusou o defensor adversário de racismo. (Leia mais)

Questionado sobre o caso, Le Graët insistiu na opinião e falou que o preconceito racial não é um problema do esporte de uma maneira geral. “Em um jogo, pode haver problemas. Mas temos menos de 1% de dificuldade hoje. Quando um negro marca um gol, todo o estádio aplaude”, comentou.

O Comitê Disciplinar da Liga de Futebolistas Profissionais está investigando o caso.

Notícias relacionadas