Esportes

Aprovação do novo estatuto do Vitória pode ir parar na Justiça

Passadas mais de 24 horas da aprovação da reforma do estatuto, o presidente do conselho diretor, Raimundo Viana, ainda não se manifestou. Através da assessoria de imprensa, o clube apenas se limitou a informar que a “presidência fará uma pronunciamento em breve".

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / Veja

Por Pedro Sento Sé no dia 21 de Dezembro de 2015 ⋅ 09:23

Em assembleia realizada na manhã deste domingo, a reforma do estatuto do Esporte Clube Vitória foi aprovado pelo sócios. No entanto, para que tenha legitimidade, precisa que ele seja publicado nos órgãos de divulgação do clube e isto pode não acontecer.

Passadas mais de 24 horas da aprovação da reforma do estatuto, o presidente do conselho diretor, Raimundo Viana, ainda não se manifestou. Através da assessoria de imprensa, o clube apenas se limitou a informar que a “presidência fará uma pronunciamento em breve".

Para José Rocha, presidente do conselho deliberativo e quem convocou a assembleia, é possível que a homologação do novo estatuto do clube termine na justiça. “É possível que haja a judicialização. Se ela ocorrer, será através de pessoas que não desejam a democratização do clube, que não desejam que os sócios possam votar na escolha de presidente e vice e que o Vitória não tenha uma gestão transparente”, afirmou ao Arena Rubro-Negra. 

Notícias relacionadas

[Bahia anuncia chegada do volante Elias ]
Esportes

Bahia anuncia chegada do volante Elias 

Por Alexandre Galvão no dia 24 de Setembro de 2020 ⋅ 13:07 em Esportes

O atleta foi um pedido do novo comandante do Bahia, Mano Menezes, com quem trabalhou no Corinthians em 2008 e 2014