Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Internacional

Fronteira entre Egito e Gaza é aberta para saída de estrangeiros; brasileiros não estão liberados

Lista divulgada pela autoridade local de Gaza não traz brasileiros; saída foi autorizada após acordo entre Israel, Egito e Hamas

Fronteira entre Egito e Gaza é aberta para saída de estrangeiros; brasileiros não estão liberados

Foto: Reprodução TV Globo

Por: Metro1 no dia 01 de novembro de 2023 às 07:37

Atualizado: no dia 01 de novembro de 2023 às 07:43

A fronteira entre o Egito e Rafah, cidade ao sul da Faixa de Gaza, foi aberta nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (1º), para a saída de estrangeiros. É a primeira vez desde a intensificação do conflito entre o grupo Hamas e o governo de Israel - ocorrida no dia 7 de outubro - , que a fronteira é aberta. 

De acordo com o embaixador do Brasil na Palestina, Alessandro Candeas, nenhum brasileiro foi colocado nesta primeira lista de estrangeiros autorizados a sair, que conta com quase 500 nomes. A informação foi divulgada pelo portal G1. 

Neste primeiro momento estão autorizados a deixar a Faixa de Gaza nacionais da Austrália, Áustria, Bulgária, Finlândia, Indonésia, Jordânia, Japão e República Tcheca. Além disso, a lista também traz nomes de integrantes da Cruz Vermelha e de Organização Não Governamentais (ONGS). A saída foi autorizada após um acordo entre Israel, Egito e Hamas.

A Embaixada do Brasil na Palestina monitora a situação de 34 pessoas que pediram auxílio para deixar a Faixa de Gaza. O grupo é composto por 24 brasileiros e 10 palestinos que estão em processo ou darão início à imigração ao Brasil. O governo brasileiro articula com autoridades do Egito e de Israel a saída deste grupo. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que já está em território egípcio, deve ser usado para a viagem de volta ao Brasil.

Além de pessoas de outras nacionalidades, palestinos em grave estado de saúde também serão transportados para fora da Faixa de Gaza.