Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Internacional

Porta-voz do presidente Javier Milei afirma que “retuítes não validam uma opinião”

No último domingo, o presidente argentino retuitou posts em apoio a manifestação de Jair Bolsonaro

Porta-voz do presidente Javier Milei afirma que “retuítes não validam uma opinião”

Foto: Reprodução/Redes Sociais/X

Por: Metro1 no dia 27 de fevereiro de 2024 às 16:25

Manuel Adorni, porta-voz da presidência Argentina, afirmou que os retuítes de Javier Milei no X (Twitter), não correspondem à opinião do chefe de Estado, e ainda não serão capazes de prejudicar as relações diplomáticas ou comerciais com o Brasil. 

Milei repostou cerca de dez tuítes em apoio ao ato do ex-presidente Jair Bolsonaro, em São Paulo, no último domingo (25). Alguns posts falavam que existe uma “ditadura” no Brasil, um “autoritarismo” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e “assédio e perseguição à oposição” ao governo brasileiro.

O porta-voz disse à CNN Brasil que os “retuítes não validam uma opinião”. “Claro que ideologicamente o presidente tem diferenças com o presidente do Brasil, mas nada que possa interferir em nossas relações diplomáticas, comerciais, ou de nenhuma outra índole”, respondeu ao ser questionado sobre suposto autoritarismo no Brasil. 

Adorni ainda comentou que não deve se esperar um conflito entre Milei e Lula. “Não acredito que o que presidente Milei reposte ou manifeste em relação ao seu par brasileiro possa gerar conflito de nenhuma índole, além de marcar que estamos indo por um caminho e que talvez o presidente considere que Lula vai por outro”, completou.