Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Internacional

/

Lula diz que invasão da embaixada do México é "inaceitável" e Equador deve pedir desculpas

Internacional

Lula diz que invasão da embaixada do México é "inaceitável" e Equador deve pedir desculpas

México quer suspensão do Equador na ONU

Lula diz que invasão da embaixada do México é "inaceitável" e Equador deve pedir desculpas

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Por: Metro1 no dia 16 de abril de 2024 às 16:33

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou, nesta terça-feira (16), a invasão da polícia equatoriana à embaixada do México em Quito, no Equador, no último dia 5. 

"O que aconteceu em Quito, no último dia 5, é simplesmente inaceitável e não afeta só o México. Diz respeito a todos nós. Um pedido formal de desculpas por parte do Equador é um primeiro passo na direção correta. Medida dessa natureza nunca havia ocorrido, nem nos piores momentos de desunião e desentendimento registrados na América Latina e no Caribe. Nem mesmo nos sombrios tempos das ditaduras militares em nosso continente", disse Lula. 

A fala foi feita durante uma cúpula virtual da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) convocada para debater o episódio. O discurso não foi transmitido pelo governo brasileiro. A assessoria da presidência divulgou posteriormente a transcrição da fala do presidente.

O México apresentou uma denúncia contra o Equador na Corte Internacional de Justiça (CIJ) em Haia. O país quer a suspensão da nação sul-americana das Nações Unidas até que seja emitido um pedido público de desculpas.

No dia 5 de abril, policiais equatorianos foi até a embaixada do México, em Quito, para prender o ex-vice-presidente do Equador, Jorge Glass,que foi condenado a seis anos de prisão por corrupção. Ele recebeu asilo político do México e estava na embaixada desde dezembro de 2023.