Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Cátia Raulino se torna ré por plágio e fraude, em decisão do TJ-BA

A acusada tem um prazo de dez dias para contestar a determinação

[Cátia Raulino se torna ré por plágio e fraude, em decisão do TJ-BA]
Foto : Reprodução

Por Adele Robichez no dia 12 de Janeiro de 2021 ⋅ 10:40

A suposta jurista, Cátia Regina Raulino, se tornou ré pelos crimes de uso de documento público falso, violação de direito autoral e fraude processual. A decisão foi tomada hoje (11), em ação penal na 2ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Ba).

A denúncia foi feita pelo Ministério Público (MP-Ba) no dia 17 de novembro do ano passado. A juíza responsável pelo caso, Virgínia Silveira Wanderley dos Santos Vieira, recebeu o pedido com a justificativa de que os supostos fatos criminosos foram descritos com todas as suas circunstâncias de tempo e lugar e "apresenta prova da materialidade e indícios de autoria, que constituem justa causa".

A acusada tem um prazo de dez dias para contestar a determinação.

Notícias relacionadas