Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Fachin contraria PGR e mantém denúncia contra Lira por receber propina

O ministro considerou que a mudança de posicionamento da PGR não tem o condão de alterar a situação processual.

[Fachin contraria PGR e mantém denúncia contra Lira por receber propina]
Foto : Fellipe Sampaio/SCO/STF

Por Luciana Freire no dia 02 de Março de 2021 ⋅ 21:30

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, decidiu manter a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL).

A denúncia é pelo suposto recebimento de mais de R$ 1,5 milhão em propinas da construtora Queiroz Galvão a partir de contratos firmados com a Petrobras. O caso será analisado pelo plenário da Corte.

Em sua decisão, Fachin considerou que a mudança de posicionamento da PGR não tem o condão de alterar a situação processual.

Notícias relacionadas