Justiça

Médica acusada de matar professora em acidente de trânsito vai ser julgada em fevereiro

Rute Nunes Oliveira Queirós foi indiciada por homicídio culposo

[Médica acusada de matar professora em acidente de trânsito vai ser julgada em fevereiro]
Foto : Reprodução / Correio

Por Lara Ferreira no dia 20 de Setembro de 2018 ⋅ 16:40

A audiência de instrução e julgamento da médica Rute Nunes Oliveira Queirós foi marcada pelo juiz Augusto César Silva Britto, da 16ª Vara Criminal, para o dia 7 de fevereiro do ano que vem. 

Ela é acusada pelo Ministério Público de causar o acidente que resultou na morte da professora de balé Geovanna Alves Lemos. O caso aconteceu no dia 15 de março deste ano, no bairro da Pituba, em Salvador.

A médica foi indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, já que o laudo elaborado pela Polícia Civil concluiu que houve acidente. A defesa da médica solicitou decretação da absolvição sumária, mas a Justiça não aceitou. 

O caso – Geovanna estava na garupa de uma moto, a caminho do colégio onde dava aulas, quando foi atingida por um carro conduzido por Rute. A professora morreu no local e o motociclista ficou ferido.

Notícias relacionadas