Justiça

Conduta de Moro na Lava Jato será julgada pelo CNJ, diz corregedor Justiça

Humberto Martins afirma que os procedimentos disciplinares serão ‘analisados no tempo certo’

[Conduta de Moro na Lava Jato será julgada pelo CNJ, diz corregedor Justiça]
Foto : Gustavo Lima/STJ

Por Lara Ferreira no dia 01 de Novembro de 2018 ⋅ 17:00

O corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, afirmou hoje (1) ao Broadcast Político que os procedimentos disciplinares para apuração de conduta do juiz federal Sérgio Moro na Operação Lava Jato, que tramitam no Conselho Nacional de Justiça, serão “analisados no tempo certo”. 

“Os casos de Sérgio Moro serão analisados no seu tempo. O corregedor nacional analisará tudo dentro do tempo, independentemente de ser indicado ministro. Não sei nem qual será a minha decisão, vou analisar caso a caso”, disse Martins.

Três conselheiros ouvidos pelo Broadcast Político divergem opiniões sobre os processos instaurados pelo órgão após saída de Moro para assumir Ministério da Justiça, em 2019. 

Para um deles, os casos devem ser extintos no CNJ após exoneração de Moro, enquanto outro conselheiro acredita que há precedente no órgão que permite a continuidade do processo, mesmo com o desligamento do juiz federal de suas funções.

Um terceiro conselheiro avalia que questão ainda está em aberto para ser discutida pelo plenário do CNJ.

Notícias relacionadas