Domingo, 05 de dezembro de 2021

Justiça

Aras pede extinção de ação para indenizar índios atingidos na ditadura

PGR vai contra ação de Dodge, sua antecessora

Aras pede extinção de ação para indenizar índios atingidos na ditadura

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por: Catarina Lopes no dia 29 de outubro de 2019 às 20:00

O procurador-geral da República, Augusto Aras, protocolou ontem (28) no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para extinguir uma ação civil, ajuizada pela Procuradoria-Geral da República em setembro, que iria indenizar indígenas guaranis atingidos pela construção da hidrelétrica Itaipu no período da ditadura militar (1964-1985).

A ação havia sido aberta por sua antecessora, Raquel Dodge, após uma investigação de mais de três anos que resultou na publicação de um livro. A apuração indicou que a ditadura provocou diversas violações de direitos humanos, como adulterar procedimentos para subestimar quantos índios moravam na região quando a usina foi construída. Dodge pediu o reconhecimento dos crimes contra os indígenas e o ressarcimento financeiro pela União, totalizando R$ 250 milhões.

Aras pede extinção de ação para indenizar índios atingidos na ditadura - Metro 1