Justiça

STJ nega recurso e mantém Sérgio Camargo na Fundação Palmares

Alegações do recurso da DPU não foram suficientes para que o colegiado reconsiderasse a decisão; em um julgamento rápido, os magistrados mantiveram Camargo no cargo

[STJ nega recurso e mantém Sérgio Camargo na Fundação Palmares]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Luciana Freire no dia 05 de Agosto de 2020 ⋅ 16:00

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça negou, hoje (5), um recurso da Defensoria Pública da União (DPU) para retirar Sérgio Nascimento de Camargo da presidência da Fundação Cultural Palmares.

A Defensoria Pública da União questionou entendimento do presidente da Corte, João Otávio de Noronha, que atendeu a um pedido do governo em fevereiro e liberou a nomeação de Camargo.

A defensoria argumentou ao STJ que a gestão de Sérgio Camargo "desviou a Fundação Cultural Palmares de suas finalidades legais e dos imperativos que devem reger a administração pública".

As alegações não foram suficientes para que o colegiado reconsiderasse a decisão. Em um julgamento rápido, os magistrados mantiveram Camargo no cargo.

Notícias relacionadas