Sábado, 02 de julho de 2022

#MetaAColher

Com 24 casos em cinco meses, Recife inaugura calendário com Dia da Memória às Vítimas de Feminicídio

Lei que criou dia foi sancionada pelo prefeito João Campos (PSB), no mês passado

Com 24 casos em cinco meses, Recife inaugura calendário com Dia da Memória às Vítimas de Feminicídio

Foto: Portal da Copa/ME

Por: Metro1 no dia 22 de junho de 2022 às 15:35

A cidade de Recife, em Pernambuco, teve, pela primeira vez, o calendário oficial marcado pelo Dia da Memória às Vítimas de Feminicídio. O dia 21 de junho foi estabelecido por lei para que a violência contra as mulheres não seja esquecida.

O feminicídio é um tipo de crime configurado quando a mulher é morta por uma questão de gênero. Nos cinco primeiros meses de 2022, foram 34 casos na capital pernambucana, segundo a polícia.

A lei que criou o dia da memória às vítimas de feminicídio recifenses foi sancionada pelo prefeito João Campos (PSB), no mês passado. A proposta foi apresentada na Câmara dos Vereadores do Recife pela vereadora Dani Portela (PSOL).

Campanha - O Grupo Metropole está engajado em denunciar e cobrar respostas sobre casos de feminicídio e violência contra a mulher. Em vista disso, criamos o movimento #MetaAColher. Abrimos os nossos canais para denúncias, que podem ser feitas pelo número (71) 3505-5000 -- funciona tanto por ligação como por Whatsapp -- e nas redes sociais (@grupo.metropole no Instagram e @metropole no Twitter).

Com 24 casos em cinco meses, Recife inaugura calendário com Dia da Memória às Vítimas de Feminicídio - Metro 1