Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Biden anuncia primeiras medidas do governo

Presidente eleito dos EUA informa retorno à OMS, ao Acordo de Paris e interrupção da construção do muro na fronteira com o México

[Biden anuncia primeiras medidas do governo]
Foto : Todd Jacobucci

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:30

O gabinete de transição do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou na manhã de hoje (20), quais serão as primeiras medidas do governo. A posse do democrata acontece às 14h (horário de Brasília) hoje, em Washington, capital do país.

As ações são destinadas principalmente ao combate a pandemia do coronavírus, à proteção ambiental e exclusão das principais políticas xenofóbicas.

Dentre as principais medidas sanitárias, estão a volta dos EUA à Organização Mundial da Saúde (OMS) e o reforço de regras de proteção, como a obrigação do uso de máscaras e de manter o distanciamento social em prédios e áreas federais.

A nação norte-americana também retornará ao Acordo de Paris, que visa reduzir a emissão de gases estufa e retardar o aquecimento global. Biden irá reverter, ainda, as ações ambientais de Trump "a fim de proteger a saúde pública, o meio ambiente e restaurar a ciência".

O sucessor de Trump irá interromper um dos maiores projetos do presidente: o muro na fronteira com o México. O veto do republicano à entrada de cidadãos de países mulçumanos nos EUA, será igualmente revertido.

"O presidente eleito Biden agirá não apenas para reverter os danos mais graves do governo Trump, mas também para começar a fazer nosso país avançar", afirmou o comunicado.

Notícias relacionadas