Domingo, 17 de outubro de 2021

Mundo

Ministro da Saúde mostra dedo do meio para manifestantes em NY; veja vídeo

Saída de comitiva de Bolsonaro de recepção nos EUA tem princípio de confusão; mandatário fala nesta terça na ONU

Ministro da Saúde mostra dedo do meio para manifestantes em NY; veja vídeo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 21 de setembro de 2021 às 08:07

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se irritou durante um protesto realizado por um grupo de pessoas que aguardava a saída da comitiva de Jair Bolsonaro de uma recepção em Nova York, na noite desta segunda-feira (20). Diante de gritos de "verme", “genocida” e “assassino”, Queiroga mostrou o dedo do meio para responder aos manifestantes.

O ato ocorreu em frente à residência da missão brasileira na ONU (Organização das Nações Unidas), no Upper East Side. Bolsonaro jantou no local e já tinha presenciado o protesto ao chegar à recepção —ele fez um sinal de "menos" com as mãos para o grupo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, naquela região também havia um caminhão com um telão, que circulou o dia todo pelas ruas de Nova York exibindo mensagens como “Bolsonaro is burning the Amazon” (Bolsonaro está queimando a Amazônia, em inglês). O veículo rondou os quarteirões vizinhos ao prédio onde o presidente estava durante o jantar.

Ao sair do local, Bolsonaro interrompeu sua comitiva e começou a gravar um vídeo, com a ajuda de um auxiliar, mostrando os ativistas ao fundo e apontando para eles, o que irritou o grupo.

Depois de alguns minutos, o mandatário entrou em seu carro para ir embora, protegido pela escolta. Enquanto os veículos partiam, um caminhão dirigido pelos manifestantes tentou se colocar no meio da comitiva e travar a saída de uma van que levava convidados do presidente.

Assista ao vídeo:

Ministro da Saúde mostra dedo do meio para manifestantes em NY; veja vídeo - Metro 1