Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Mundo

Papa pede que pais não condenem filhos devido à orientação sexual

No entanto, o Vaticano ainda se mostra contrário ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, proibindo a realização dos mesmos por padres e ministros da igreja

Papa pede que pais não condenem filhos devido à orientação sexual

Foto: Franco Origlia/Getty Images

Por: Metro1 no dia 26 de janeiro de 2022 às 15:07

O papa Francisco voltou a dar declarações sobre a homossexualidade. Na última quarta-feira (25), o pontífice fez um apelo para que pais não condenem seus filhos devido à orientação sexual. Em outra ocasião, Francisco já havia dito que as pessoas LGBTQIA+ têm o direito de serem acolhidas por suas famílias.

No entanto, o Vaticano tem assumido postura controversa com relação ao tema. Em março de 2021, anunciou que padres e outros ministros da igreja não podem abençoar casamento de pessoas do mesmo sexo e, caso acontecesse, seria considerada ilícita. 

Na audiência semanal de quarta, Francisco também afirmou que, embora a Igreja Católia não realize o casamento entre pessoas do mesmo sexo, não há empecilho para que a instituição apoie leis de união civil destinadas a dar a esses casais direitos igualitários em áreas como acesso à saúde e compartilhamento de bens.

Papa pede que pais não condenem filhos devido à orientação sexual - Metro 1